Todo investidor precisa conhecer as diferenças entre Análise Técnica e Análise Fundamentalista. Você sabe?

No mundo dos investimentos, a Análise Técnica e Análise Fundamentalista são consideradas as escolas de pensamento mais importantes sobre os mercados financeiros. Elas ganharam grande destaque dentro de toda a atmosfera de teorias, referências e muitos agentes influenciadores sobre o modo de agir, pensar e investir. Ao longo da história, inúmeros investidores, iniciantes ou experientes, sempre se guiaram por estes caminhos, sejam verdadeiras teses científicas ou apenas crenças. O fato é que se você está começando a investir na bolsa de valores ou quer se aprofundar sobre o assunto, é necessário conhecer as características e diferenças entre análise técnica e análise fundamentalista.

Nesta postagem vamos fazer um caminho inverso. Primeiro, apresentando as duas escolas de pensamento citadas anteriormente e, a partir daí, vamos falar sobre os primeiros passos sobre como investir na bolsa de valores. É muito importante saber como o mercado se comporta e nada melhor do que conhecer estas duas teorias consagradas para começar a desvendar e entender o mundo dos investidores. Existem correntes de pensadores que consideram essas duas escolas como visões antagônicas, mas vamos mostrar que, na verdade, as teorias podem se completar. Entender os conceitos básicos e funcionamento delas será uma poderosa ferramenta para investidores, principalmente na hora de escolher ações e adotar estratégias de atuação no mercado financeiro. Não é necessário simpatizar ou escolher um “lado” entre as duas, mas é importante saber como cada uma pode te ajudar de acordo com o seu perfil investidor.

Análise Fundamentalista

É considerada por especialistas como a mais tradicional entre as duas, pois vem sendo utilizada há mais tempo e agrega confiança de muitos investidores e analistas de mercado. Para se ter conhecimento, ela é contemporânea dos próprios estudos iniciais referentes à área contábil e econômica. Possui dois alicerces: fundamentos macro e microeconômicos das companhias e empresas que agem no mercado. Em outras palavras – A análise do mercado é feita sobre os dados econômicos e operacionais provenientes do ambiente de atuação da empresa e também dos próprios resultados das atividades do negócio, culminando numa avaliação bastante abrangente. Historicamente, essa tendência de análise começou a ser utilizada no final do século XIX, com objetivo de alavancar os investimentos à época. Um dos grandes nomes com destaque dentro da Análise Fundamentalista é Benjamin Graham. O economista é considerado como organizador acadêmico responsável pela base conceitual que fundamenta essa escola de pensamento. Graham utilizou como base de estudo seus próprios investimentos. Com certeza você já ouviu falar de um dos grandes discípulos de Graham e consequentemente da escola Fundamentalista: Warren Buffet. Ele mesmo! O multimilionário americano é reconhecidamente um investidor pautado na nesta escola e age conforme a famosa estratégia “buy and hold”, na qual procura encontrar empresas subvalorizadas, investir e aguardar os lucros crescerem e as cotas valorizarem no médio-longo prazo.

Análise Técnica

Também conhecida como Análise“Gráfica”, é pautada em ferramentas gráficas e matemáticas baseadas em cenários e movimentos históricos do mercado com objetivo de prever movimentações nas ações, cotações de títulos, commodities, moedas e índices. De maneira resumida, podemos dizer que os estudos de análise técnica pretendem identificar e sugerir padrões no valor de ações com difícil previsão, por meio da dedução matemática. Como não poderia ser diferente, esta escola de pensamento também tem grandes nomes em sua história. Um dos principais é  Charles Dow. Achou familiar? Dow é um ícone dentre os investidores, sendo um dos fundadores da Dow Jones e do Wall Street Journal, além de ser autor da Teoria de Dow – série de estudos que norteia a Análise Técnica. Quem segue esta vertente está munido para enfrentar oscilações de curto-prazo e pode preparar, de maneira rápida, estratégicas de compra e venda.

Como investir na Bolsa de Valores?

Agora que você está por dentro e conhece um pouco mais sobre as duas teorias mais famosas no mundo dos investimentos, vamos falar sobre como agir no momento em que decidimos investir na bolsa de valores. A princípio pode parecer uma área nebulosa e cheia de atalhos, mas investimento tem muito a ver como preparação, organização e estudo. As dicas mais valiosas são pautadas nessas diretrizes e vamos listar a seguir um passo a passo para quem está ingressando na área e deseja agregar o maior conhecimento possível sobre o tema.

Tenha cuidado no início desta caminhada, evitando se enrolar ao tentar dar passos largos e destinando todos os recursos em uma única cartada. Uma dica: clubes de investimento são ótimo caminho para dar os primeiros passos na Bolsa de Valores, sem grandes riscos de perdas robustas.

Procure definir de maneira clara seus objetivos de negócio e o prazo que espera para alcançá-los, sua expectativa de tempo de retorno e alvo final são determinantes para suas ações a seguir. Nunca se deixe levar pela grande cilada que são as chamadas dicas infalíveis e atalhos. Até hoje, não há nenhum registro ou conhecimento de que possa haver um grande “pulo do gato” que te direcione a grandes lucros. Não existem truques de mágica nos negócios, e se houver ninguém o revelaria, não é mesmo?  Dedicação e preparação são o ponto de partida para se tornar um bom investidor, mesmo os que não possuem grandes ambições. Após definir qual será o investimento, é necessário partir para a próxima etapa: encontrar uma corretora de investimentos para seus negócios. A tarefa não é das mais simples. Procure se organizar e apresentar o máximo de informações possíveis sobre você e suas finanças. Quando você sabe do que dispõe e tem exata noção de onde quer chegar, melhor será a qualidade da avaliação com que a corretora irá definir seu perfil de investidor e auxiliar na gerência de suas ações.

Diferentes corretoras de investimento vão oferecer variados tipos e níveis de serviço. Pesquise e avalie as opções. Em tese, uma corretora de qualidade apresenta serviços como: consultoria de especialistas do mercado, sugestão de investimentos condizente com seus interesses, definição de perfil investidor, suporte para conhecer o funcionamento da Bolsa de Valores, apresentação novos produtos e tendências do mercado e monitoramento dos seus negócios, com relatórios e informativos.

Além de investir, é fundamental estar atento para cada lição que o mercado possa ensinar. Saiba mais e comece sua jornada com foco em adquirir experiência.

Saiba os primeiros passos para investir na Bolsa de Valores

Com certeza você já se perguntou sobre investimentos na bolsa de valores. É uma área muito familiar, pois sempre acompanhamos notícias ou observamos nos filmes questões relacionadas ao tema. Quem não se lembra da imagem clássica do pregão da bolsa com centenas de homens em ebulição, com dois ou três telefones ao mesmo tempo? Mas apesar de tudo isso, você sabe como investir na bolsa de valores? Calma, não é um bicho de sete cabeças, mas existem caminhos a seguir e vamos falar sobre essas escolhas.

Primeiramente, é preciso definir um target para saber como investir na bolsa. O tempo e o seu objetivo vão determinar o início da sua jornada. É preciso responder duas simples questões: O que eu quero fazer com o dinheiro investido? E: Quanto tempo eu tenho para que o dinheiro investido renda? A partir disso, é interessante associar o investimento ao objetivo. Uma dica: escolha um nome para o investimento que fizer. Pense em algo significativo, que represente claramente o seu objetivo, como “Intercâmbio do meu filho” ou “Casa de Veraneio”.  A partir daí você deve selecionar uma corretora. Ela vai te ajudar a definir seu perfil como investidor. E também: Auxiliar na escolha dos investimentos mais adequados ao seu perfil e aos seus objetivos financeiros, oferecer suporte para você entender o funcionamento da Bolsa de Valores, alertar para novos produtos no mercado, impulsionando a diversificação de seus investimentos, oferecer consultoria de especialistas do setor e finalmente fornecer trabalhos facilitadores, como o home broker (investimento online), relatórios sobre ações e informativos.

Agora que você já sabe que precisa de uma corretora, como escolher a melhor opção? Antes de tudo, organize suas informações pessoais, pois vão ser bastante úteis na criação do seu perfil de investidor feito pela corretora. Faça duas avaliações básicas: com qual frequência você fará novos investimentos e avalie seus custos e gastos atuais, pois será determinante a decidir o quanto vai investir. A partir disso, é preciso iniciar os contatos com algumas corretoras, sim não feche de primeira: pesquise. A lista com todas as corretoras e dados sobre cada uma estão disponíveis no site da BM&FBOVESPA. É fundamental  dedicar tempo na busca pela corretora ideal, com trabalhos de pesquisa e comparação de serviços e taxas. Procure saber todos os serviços oferecidos, como relatórios, vídeos e cursos, além de comparar os valores entre as corretoras. Todas ajuda e informação é importante para monitorar o investimento.

Vamos listar a seguir os erros mais comuns nos investimentos feitos na Bolsa de Valores. Não direcione todos os recursos em apenas um único tipo de investimento, principalmente se você for inexperiente e estiver no início da jornada como investidor. Ao “dar um tiro único” você está elevando o risco do investimento e ficando completamente vulnerável em caso de perdas. Fique atento ao tempo e, portanto, evite pensar no investimento no curto prazo: Ao entrar no mundo dos investimentos, é fundamental saber que paciência e disciplina são itens imprescindíveis para alcançar o sucesso nos negócios. Aqueles que só pensam no resultado imediato a curto prazo acabam por investir sem qualquer cuidado ou estudo e agem apenas em resposta aos estímulos e tendências imediatas.Cedo ou tarde,  este tipo de conduta vai gerar prejuízos.

Outro erro comum: Iniciar os investimentos com passos largos e grandes cartadas. Após realizar a avaliação dos objetivos e os recursos que  vão estar à disposição para investimento, é crucial não apressar este processo. Dê um “start” com pouco, mesmo que possa culminar em custos no curto prazo. Tenha consciência de que, no início, é preciso buscar experiência e não ganhos pesados. Sugerimos um laboratório por meio de clubes de investimento, uma opção interessante para agregar experiência com pouco dinheiro em jogo.

Por fim: fique atento a duas situações muito comuns: Seguir “macetes” ou dicas infalíveis, e deixar o lado emocional influenciar nas decisões de mercado.

 

O modo George Soros de investir

No mundo dos investimentos existem inúmeras teorias, estratégias e formas de atuar, mas também há pessoas que são verdadeiras inspirações e referências na hora de adotar um tipo de perfil investidor. Muitas vezes é possível observar exemplos de como ou não agir no mundo dos investimentos. Se você já tem alguma experiência na área ou gosta de acompanhar as notícias relacionadas ao setor, com certeza já ouviu falar no nome George Soros. Se estiver iniciando sua caminhada no mundo dos investimentos e da bolsa de valores, vale a pena conhecer um pouco mais sobre a atuação desta importante figura.

Antes de falar propriamente do modo de atuar e dos negócios de Soros, é interessante conhecer o homem por trás do investidor. A trajetória de vida diz muito sobre o tipo de investidor que uma pessoa pode vir a ser. George Soros (Soros George, Hungria) é mais um entre tantos superinvestidores que estão sempre na luz dos holofotes do mercado.  Mas, diferentemente de muitos outros, a fama não o alcançou “apenas” por ser a 29ª pessoa mais rica do mundo, com uma fortuna avaliada em cerca de 25 bilhões de dólares, segundo ranking da famosa revista Forbes. O perfil excêntrico e a história instigante tornam Soros um grande personagem.

Quem é George Soros?

Soros nasceu na Hungria, em 1930, e migrou com a família para Inglaterra. A decisão foi tomada por sua família, formada por judeus, que tentava escapar da repressão nazista. Foi na “terra da rainha”, em Londres, no ano de 1947, que Soros completou sua graduação na London School of Economics. Nos anos 1950, mudou-se para os Estados Unidos e entrou de cabeça no mundo do mercado financeiro, onde se consagraria como um dos maiores investidores do planeta. Uma curiosidade: Em 1992, Soros apostou milhões de dólares contra a teoria do banco central da Inglaterra, de que a libra esterlina seguiria tendo alta cotação, em uma ação que lhe proporcionou um imenso lucro de 1 bilhão de libras conquistados em apenas um dia. Com isso, recebeu a fama de ter sido “o homem que quebrou o Banco da Inglaterra”. Essa pequena curiosidade ilustra muito bem o modo de atuação de Soros – que mistura ousadia e, geralmente, escolhas certeiras.

Mandamentos do megainvestidor

A experiência de George Soros é vasta e digna de livros e estudos aprofundados. Vamos listar alguns dos principais ensinamentos e mandamentos do investidor para ilustrar sua maneira de pensar e agir no mercado.

Segundo Soros, é preciso saber quando se está agindo e investindo de maneira errada. Ter a consciência de que tomou decisões ruins e reconhecer isso vai ajudar o investidor a se recuperar e procurar saídas para contornar seus problemas, evitando a ampliação das perdas e prejuízos.

O húngaro é reconhecidamente um investidor ousado, mas não defende apostas únicas e concentradas em apenas um negócio. Por isso, sugere diversificar os investimentos para minimizar perdas quando algumas das ações se mostrarem equivocadas.

Soros defende a postura calculista e fria em relação aos negócios. As emoções e até o fato de haver diversão nos investimentos são sintomas de que algo está errado e você tem grandes chances de perder dinheiro. A rotina de decifrar o mercado, estudar, realizar pesquisas e escolher as melhores estratégias é árdua e não divertida, na opinião do “guru”.

Teoria da Reflexividade: Segundo Soros, existem momentos nos quais o mercado foge do estado de equilíbrio. Por exemplo: quando há um movimento de grande alta de ações, a própria conduta dos investidores e decisões humanas acaba por contribuir para que este desequilíbrio se mantenha. Para Soros, essas ações ocorrem como reflexo ao momento. Segundo o magnata, é interessante identificar essa capacidade da reflexividade em manter as tendências, mesmo que elas possam bater de frente com teorias mercadológicas.

Que tipos de investimentos Soros comanda atualmente?

Como foi falado anteriormente, Soros é um ícone no setor de investimentos e uma das figuras mais notáveis de Wall Street, como uma carteira de investimentos que chega aos 5 bilhões de dólares. Uma grande parcela dos investimentos de Soros está direcionada ao setor de tecnologia, contabilizando 40% de seus investimentos. Dentro desse montante, há empresas com variados perfis de atuação. Você sabia que Soros tinha ligações com o Brasil, ao investir na Embraer e Petrobras? Porém, no momento o investidor trabalha apenas com ações da Adecoagro, uma companhia produtora de açúcar e etanol no Mato Grosso, com sede fora do país, em Luxemburgo.

Algumas empresas em que Soros investe:

  • Amazon
  • Delta Airlines
  • Kraft Heinz
  • Ebay
  • Linkedin
  • Mattel
  • Monsanto
  • PayPal
  • Procter & Gamble
  • The Hershey Company
  • Tesla
  • Time Warner
  • Twitter 
  • Walt Disney

Como se tornar um investidor?

Agora que você já conhece como este grande ícone do mercado atua, já pensou em entrar no mundo dos investimentos? Vamos falar a seguir sobre os primeiros passos para ingressar na área e ver de perto como investir na Bolsa de Valores.

De início, você deve se afastar das chamadas dicas infalíveis e atalhos. Não existe uma “receita de bolo” que vá te levar a grandes lucros, e tampouco há truques mágicos no mundo dos negócios. Para se tornar um investidor, mesmo que de pequeno porte, é preciso muita dedicação e cuidados. Antes de tudo, defina claramente seus objetivos e o tempo que espera para alcança-los, o prazo e seu alvo final são determinantes para suas ações a seguir. Uma vez que o investimento foi determinado, é fundamental partir para o segundo passo: contratar os serviços de uma corretora. A tarefa não é tão simples quanto parece. É necessário organização e dedicação, pois quanto melhor você souber aonde quer chegar e dispor de todas as informações pessoais necessárias, melhor será a assertividade com que sua corretora irá definir seu perfil de investidor e auxiliar na gerência de suas ações.

Pesquise bastante e veja o que as diferentes corretoras de investimento podem te oferecer. Geralmente, uma boa corretora vai proporcionar serviços como: suporte para conhecer o funcionamento da Bolsa de Valores, definição de perfil como investidor, consultoria de especialistas do mercado, indicar e sugerir investimentos de acordo com seus interesses, apresentar novos produtos e tendências do mercado e acompanhar o desenvolvimento dos seus negócios, com relatórios e informativos.

Tenha cautela no início da sua trajetória, evitando dar passos largos e investindo todos os recursos em um único negócio. Ser um investidor é estar atento para todas as lições que o mercado pode dar e é imprescindível começar a jornada com a preocupação de agregar conhecimento e experiência. Os clubes de investimento são uma interessante maneira de dar os primeiros passos na Bolsa de Valores, sem riscos de grandes perdas.

3 modos de melhorar o seu Trading esportivo

Trader esportivo

             Ficar proeficiente no Trading esportivo requer aprimoramento constante. Por isso, nesse artigo vou falar sobre 3 meios que você pode utilizar a partir de agora para melhorar o seu grau de eficiência como trader. Esses são hábitos que muitos dos melhores traders esportivos praticam naturalmente mas que muitos iniciantes não se dão conta de como podem melhorar seu jogo.

Trader esportivo

O primeiro hábito é começar a assistir um número maior de mercados, ainda que você não necessariamente invista neles. Assim, você pode investir como trader em futebol, mas resolver assistir também os mercados de tenis, hockey e vários outros. Pode parecer um pouco difícil entender como isso irá te beneficiar mas a questão aqui é que quanto mais mercados você acompanhar, mais rápido vai entender como o trading esportivo como um todo funciona e, desse modo, vai estar mais treinado para enxergar oportunidades quando chegar a hora de investir no seu esporte de escolha. Quanto maior for o número de mercados que você assistir, maior será o seu conhecimento e experiência, duas características vitais para o sucesso a longo prazo como Trader esportivo. Além disso, você pode acabar descobrindo um outro tipo de esporte no qual você consiga investir de modo muito mais eficiente e acabar mudando seu esporte de escolha para fazer trades.

Um segundo hábito que é impressionantemente intuitivo é simplesmente começar a assistir mais jogos dentro do seu esporte. Quanto mais jogos você assistir, ainda que não estejam envolvidos diretamente com os trades que você fará, melhor você compreenderá o esporte como um todo e, assim, terá maiores chances de fazer trades vitoriosos futuramente. A idéia aqui é realmente imergir no mundo daquele esporte no qual você esta investindo, e com isso maximizar suas chances de sucesso futuramente.

O terceiro e último hábito que pode realmente alavancar suas chances de sucesso é manter um diário com anotações detalhadas sobre todos os tradings que você fizer. Você precisa aprender com os seus erros e a única forma de garantir isso é anotando de forma detalhada todos os trades que você fizer, de modo que você não acabe sempre repetindo os mesmos erros. Muitas vezes não é a estratégia que você esta utilizando no momento que é o problema mas sim o fato de você mesmo cometer os mesmos erros, sempre nas mesmas situações, e nunca se dar conta disso! Manter um diário com anotações sobre todas as suas decisões em trades passados é a melhor forma que eu conheço de evitar esse tipo de coisa, com a grande vantagem de que é bastante simples!

Então pessoal, esses são os três hábitos que você pode implementar com facilidade e que com certeza irão melhorar e muito os resultados que você consegue obter com o trading esportivo.

 

O passo a passo para se tornar um trader de sucesso

Trader esportivo

                No nosso último artigo sobre Trading esportivo falamos sobre como o tempo necessário para se tornar um trader esportivo altamente eficiente costuma ser bastante subestimado por iniciante. Pensando nisso, vou dar uma perspectiva mais específica nesse artigo para que você possa entender melhor como você pode começar a sua jornada no Trading esportivo de forma inteligente.

A primeira dica que eu dou é pensar a longo prazo. Não só porque provavelmente você levará um tempo maior do que imagina para virar um bom trader esportivo mas também porque pensar sempre a longo prazo te dá uma imensa liberdade justamente para se desenvolver como Trader esportivo. Incrivelmente, quando você não tem a pressão colocada por si mesmo para conseguir trades fantásticos e ficar rico com o trading esportivo quase que instantaneamente, você começa a entender muito melhor todo o processo de investimento e, com isso, você na verdade diminui o tempo necessário até ficar bom de verdade.

Trader esportivo

Quando comecei a investir no trading esportivo eu felizmente não cometi a maioria dos erros que os traders iniciantes cometem, pois já tinha um background dos meus investimentos em bolsa, em forex e  em outros tipos de mercado e por isso eu já possuia o mindset certo para poder investir no trading esportivo. Esse é um ponto que muitos costumam esquecer mas o trading esportivo é uma atividade de investimento do mesmo modo que a bolsa de valores e outros tipos de investimento, e, desse modo, uma coisa que é fundamental é que você possua a mentalidade correta. A principal razão pela qual iniciantes costumam demorar até ver sucesso não é tanto pela falta de conhecimento mais técnico mas muito mais pela sua mentalidade que ainda não esta tão bem desenvolvido como investidor e, por isso, acabam cometendo diversos erros em função de uma maior impulsividade e falta de frieza.

Recebo muitos emails de leitores que se encontram um pouco frustrados pois começaram operando sozinhos no trading esportivo há pouco tempo e ainda não veem resultado nenhum. Para esses, eu costumo recomendar o curso de trading esportivo Trader esportivo, pois já é um grande guia para fazer com que os iniciantes nesse fascinante mundo fo trading esportivo possam trilhar o caminho correto e não acabem se frustrando mais para a frente.

Por isso, o melhor a se fazer ao começar no trading esportivo é não criar expectativas muito altas inicialmente, achando que conseguirá realizar lucros altíssimos logo nos primeiro meses. Comece com a mentalidade certa, tenha um bom curso de trading esportivo como guia ou talvez uma pessoa que você conheça e possa te mostrar na prática como começar, e, acima de tudo, tenha paciência sabendo que os resultados podem sim ser sensacionais se voc~e atingir um alto nível de proficiência no Trading esportivo.

Uma visão de Longo termo no Forex

Curso de Forex

 

                O mercado Forex possui uma versatilidade imensa e pode ser utilizada com uma gama de perspectivas diferentes. Já falamos antes sobre como esse mercado pode ser muito interessante para um day trader ou como uma forma de hedge para quem investe em outros mercados, como a bolsa de valores.

Aqui nesse artigo, entretanto, quero falar melhor sobre o Forex como uma forma de investimento principal, enxergado a longo prazo e explorado em toda a sua potencialidade. Nesse sentido, muitas das mesmas estratégias de investimento utilizadas na bolsa de valores podem também serem aqui utilizadas, com as suas devidas adaptações, obviamente.

Curso de Forex

A primeira coisa a se fazer é escolher se você vai utilizar a análise técnica, a análise fundamentalista ou uma combinação, em graus diferentes, entre análise técnica e fundamentalista. A análise técnica, como muitos já sabem, consiste em tentar identificar padrões de movimentação dos preços em função do tempo, de acordo com diversos indicadores baseados em características que aquelas ações apresentam em um dado momento. Assim, a análise técnica baseia-se em esperar por oportunidades de subidas nos preços das ações e estar preparado para aproveitar essas oportunidades quando elas aparecerem.

Um aspecto interessante do mercado Forex é que a análise técnica costuma funcionar muito bem, pois os padrões de movimentação nos pares de moeda tendem a ser um pouco mais previsíveis do que a movimentação de ações na bolsa de valores, por exemplo. Por isso, investir em forex por meio da análise técnica pode ser uma excelente oportunidade para um iniciante.

A análise fundamentalista, por outro lado, esta mais baseada na ideia de conhecer os fundamentos por trás das movimentações nos preços dos ativos, sejam eles ações – no caso da bolsa de valores, ou moedas – no caso do Forex. A ideia por trás da análise fundamentalista é entender de modo profundo as razões pelas quais o ativo em questão se movimenta em uma ou em outra direção. Naturalmente, utilizar a análise fundamentalista é algo que exige uma prática maior e mais tempo no mercado até que o investidor possa ter desenvolvida a percepção e capacidade de observação da realidade –além, é claro, do conhecimento técnico – que a análise fundamentalista exige.

No fim, das contas, alguns investidores naturalmente terão uma aptidão maior para a análise técnica e outros para a análise fundamentalista e, assim sendo, não há como dizer que uma é “melhor” que a outra. Um bom curso de forex pode te ensinar melhor como você pode entender mais o mercado Forex e formular uma estratégia específica para o seu perfil que possa te fazer capaz de gerar resultados consistentes a longo prazo.

 

Quanto tempo vai levar até que eu me torne um excelente trader esportivo?

Curso trader esportivo

 

Em qualquer forma de investimento, uma das perguntas mais comuns que ouço de muitos iniciantes e pessoas que pensam em começar é: Quanto tempo vai levar até que eu fique bom de verdade nisso e possa ver grandes resultados?

Essa é uma pergunta bastante difícil de responder de forma precisa pois ela envolve uma série de fatores diferentes, mas eu vou tentar dar uma resposta que pelo menos sirva de guia para quem pretende começar no Trading esportivo. A primeira coisa que voc~e tem que saber é que, em geral, se você esta aprendendo tudo sozinho, na prática, você vai levar muito mais tempo do que imagina inicialmente para ficar realmente bom nesse tipo de investimento. Esse é o principal fator pelo qual eu costumo recomendar o Curso Trader esportivo do Juliano Fontes para os que pretendem começar a investir no Trading esportivo.

Curso trader esportivo

O grande motivo para isso é que nada é tão simples quanto parece e se você não tem alguém que já tenha passado por aquela mesma experiência para te ensinar passo a passo o que você deve fazer, então você naturalmente leva mais tempo e comete mais erros até aprender de fato e se sentir confiável que pode produzir resultados consistentes como trader. É bastante fácil, enquanto iniciante sem qualquer experiência, cair na armadilha de que você vai começar a aplicar seu dinheiro no Trading esportivo e verá resultados impressionantes, obtendo lucros de 4, 5 ou mais dígitos no primeiro mês de Trading.

Infelizmente, não é assim que ocorre na prática e, verdade seja dita, a maior parte das pessoas que pensa desse modo acaba se frustrando após não conseguir obter na prática os resultados que esperava.

O trading esportivo é, na minha opinião, um dos melhores tipos de investimento que você pode fazer e, a longo prazo, você pode realmente conseguir gerar resultados absolutamente impressionantes, mas apenas se você iniciar nessa atividade com a mentalidade correta. O modo mais inteligente de começar no Trading esportivo, e que vai garantir excelentes resultados, dado que você busque aprender constantemente e não tenha expectativas absolutamente irreais como as que falamos acima é investir em um bom curso de Trading esportivo, aplicar o que for ensinado na prática e, a partir daí, começar a colher o feedback dos seus tradings e posições e ir se aprimorando cada vez mais como trader esportivo.

A ideia básica aqui se você quer se tornar um trader esportivo de alto sucesso, capaz de gerar lucros significativos com alto grau de consistência, é que você precisa focar em progressão constante. Não tente ser o melhor em sua primeira vez investindo no trading esportivo, vá se desenvolvendo como trader em um tempo que te deixe confortável.

Como começar a operar forex se você já investe na bolsa de valores?

Curso forex

 

                O mercado Forex sem dúvida é uma excelente oportunidade de investimento que pode te trazer resultados fenomenais a longo prazo se você realmente se dedicar e buscar sempre evoluir constantemente. Existem muitos pontos do mercado Forex que são bastante comuns a qualquer tipo de investimento, em especial em relação a mentalidade adequada para conseguir produzir resultados consistentes a longo prazo. Nesse sentido, um investidor que já tenha experiência com a bolsa de valores e já seja bem sucedido nesse mercado certamente terá uma vantagem bem interessante no ponto da mentalidade.

Entretanto, como todo mercado, o mercado Forex possui as suas especificidades. Por isso, quando se fala em investir em Forex, devemos sempre considerar as suas características distintas de outros mercados e essa é uma das principais vantagens de ter um bom curso Forex a sua disposição.

Curso forex

Para alguém que já investe na bolsa de valores, existem alguns meios em que a situação pode ser encarada. Caso esse investidor seja um day trader no mercado de ações, ou seja, alguém que investe com altíssima frequência, diariamente, tentando se aproveitar de pequenas diferenças de preço e pequenas inconsistências do mercado que, a longo prazo, vão se somando até chegar a um montante de lucros bem significativo, esse foco pode ser mantido no mercado Forex, pois as moedas negociadas tem um grau de variação constante, e o mercado de câmbio costuma ser bastante movimentado, havendo assim excelentes oportunidades no Forex para Day traders. Considerando ainda a possibilidade de alta alavancagem que esse mercado permite, essas pequenas inconsistências podem ser ainda melhor aproveitadas por day traders, maximizando os lucros.

Um outro modo de encarar o mercado Forex é como uma forma de hedging para os seus investimentos em bolsa de valores. Por exemplo, se você esta investindo na bolsa de valores de uma país qualquer, vamos dizer que seja o Brasil mesmo, e você identifica que há uma possibilidade de desvalorização do Real, o que significa que potenciais ganhos com a valorização das ações nas quais você esta investindo poderiam ser de certa forma diminuídas com a desvalorização da moeda pela qual esses ganhos estão representados. Assim, você poderia adotar uma estratégia de hedge através do mercado Forex na qual você vende a descoberto o real. Desse modo, caso a moeda realmente se desvalorize, as possíveis perdas de valor no seu portfolio de ações serão diminuídas em larga escala pois você ganhou com aquela desvalorização através da venda a descoberto no mercado Forex.

Além dessas, existem muitas outras perspectivas pelas quais você pode enxergar o mercado forex como forma de investimento que falaremos mais adiante.

 

Como encarar o mercado forex com a mentalidade correta

Mindset Curso Forex

                Como digo sempre, em se tratando de investimentos uma das coisas mais importantes é que o seu plano de investimentos seja adaptado ao seu perfil de investidor. Por isso, é importante, antes de começar a investir, conhecer a si mesmo e conhecer o próprio mercado, de modo a ter uma estratégia de investimentos adaptada a você que irá maximizar suas chances de obter excelentes resultados com aquele investimento.

Para fazer isso no mercado Forex, você precisa ter conhecimento de algumas vantagens e desvantagens que irão te ajudar melhor a compreender como o mercado funciona realmente e, assim, poder montar um plano de investimentos mais preparado. Uma primeira grande vantagem do mercado Forex é que esse mercado é o maior do mundo em termos de volume negociado diariamente no mundo e, consequentemente, o que possui a maior liquidez. Desse modo, é extremamente fácil entrar e sair de posições sem grandes preocupações.

Mindset Curso Forex

Em função desse altíssimo grau de liquidez e consequente facilidade para entrar e sair de posições, bancos e corretores de Forex oferecem uma grande possibilidade de alavancagem para investir nesse mercado, o que permite ao trader em forex controlar posições enormes com uma quantidade relativamente pequena de dinheiro. É bastante comum que traders utilizem alavancagens de 100:1 ou mesmo 200:1 com certa frequência. Essa possibilidade alavancar neste nível é, ao mesmo tempo, uma vantagem e uma desvantagem. Do mesmo modo que maximiza resultados, pode significar um aumento estrondoso nas suas perdas caso uma dessas posições alavancadas não se comporte do modo como você previu inicialmente, e por isso deve ser usada com bastante cautela.

Outra grande vantagem do mercado Forex é que ele opera 24 horas por dia, começando na Austrália e terminando em Nova York todos os dias. Os principais centros do Forex são Sydney, Hong Kong, Singapore, Tokyo, Frankfurt, Paris, Londres e Nova York.

Investir no mercado Forex, a longo prazo, é uma tarefa que vai exigir um entendimento macroeconômico um pouco mais elevado. Muitos traders, por esse motivo, escolhem investir por meio da análise técnica, que costuma funcionar muito bem no mercado Forex, porém se você deseja investir por meio do método fundamentalista, então você deve saber que o conhecimento que macroeconômico que você vai precisar será um pouco mais apurado. Você vai precisar possuir um bom nível de conhecimento das economias de diversos países de modo a poder capturar adequadamente os fundamentos que movem os preços de uma ou outra moeda.

Tendo em vista essas características, você precisa identificar qual o modo de investir em forex vai se adaptar a sua personalidade. O jeito fácil de fazer isso é através de um Curso Forex qualificado para isso, mas se você não tem problema em investir bem mais tempo tentando aprender por conta própria, então continue acompanhando o mago do mercado pois vou ensinar mais sobre o Forex, e também sobre diversas outras formas de investimento.

 

Exisitem muitos riscos no Mercado Forex? Devo tomar cuidado?

Curso de Forex

Sempre que falamos em investimento, a questão número de qualquer pessoa que nunca investiu antes é: Será que não é muito arriscado? Quando se trata de uma forma de investimento que é muito pouco falada por aqui no Brasil então, como o Forex, ai as dúvidas tendem a crescer ainda mais e muitas pessoas que poderiam obter excelentes resultados investindo nesse mercado acabam se retraindo.

Sem dúvida nenhuma qualquer forma de investimento envolve riscos, e isso inclui o Forex. Se você pretende investir e multiplicar seu patrimônio de modo consistente ao longo do tempo, podendo ter a chance de se tornar verdadeiramente independente financeiramente, então você deve aprender a lidar com a ideia do risco. Dito isto, vou falar agora um pouco mais sobre os riscos do mercado forex – que você deve estar preparado para enfrentar – e como fazer para lidar com eles do melhor modo possível.

Curso de Forex

O mercado Forex funciona basicamente através de alguns bancos que intermedeiam as operações, e que vão mudando ao longo dos dias de acordo com os fusos horários, tendo em vista que o Forex é um mercado Global. Uma crítica comum a esse modelo é de que esses bancos intermediários acabam não sendo regulados nessa atividade de intermediação na troca de moedas no mercado Forex e que, por isso, haveria um risco extra no investimento em Forex.

Entretanto, essa visão não é exatamente realista. Devido aos imensos fluxos de trocas que ocorrem todos os dias no mercado Forex, é bastante irrealista acreditar que qualquer desses bancos tem alguma capacidade para influenciar a movimentação dos preços dos ativos em qualquer uma das direções. Na verdade, considerando a movimentação diária de 2 a 3 trilhões de dólares, nem mesmo bancos centrais seriam capazes de influenciar o mercado sem a cooperação e ação coordenada de diversos outros bancos centrais, o que torna a possibilidade de manipulação do mercado Forex extremamente pequena e improvável, devido a sua maciça liquidez e volume de operações diárias.

Outros riscos do mercado Forex envolvem os riscos naturais de qualquer tipo de investimento, especialmente a possibilidade perdas aumentadas devido a alavancagem possibilitada pelo Forex. Ter um grau de alavancagem que pode chegar a até 500 vezes o valor investido é uma ferramenta muito útil para aumentar as suas possibilidades de ganhos, ainda mais em um mercado que por sua própria natureza – negociação de moedas – costuma apresentar variações de preços dos ativos menores do que outros mercados, entretanto essa grande vantagem também pode significar que as suas perdas serão amplificadas caso você esteja muito alavancado no momento em que o mercado se voltar contra suas posições.

Em função disso, eu acredito que no Forex a correta gestão de risco é ainda mais importante para garantir o sucesso a longo prazo e sem dúvida deve ser parte integrante de um Curso de Forex bem estruturado.