Como não passar a vida inteira trabalhando

Como não passar a vida inteira trabalhando
Rate this post

uma imagem sobre aproveitar a aposentadoria

Nós, brasileiros não ricos, nascemos em uma sociedade que nos mostra apenas um caminho: trabalhar uma vida inteira para se aposentar ao final da vida com uma aposentadoria bem discutível. Porém, esse não é o único caminho que temos para seguir e nem é uma das melhores opções.

É claro que se você não nasce rico, vai precisar entrar no mercado de trabalho para conseguir sobreviver, mas você não precisa (e nem deve) passar a sua vida inteira trabalhando para aproveitar só depois que se aposentar, pois isso não vai acontecer rápido e quando você perceber, a vida inteira já vai ter passado.

Ao invés disso, invista na sua educação financeira e aprenda a investir para fazer o seu dinheiro trabalhar para você. Muitas pessoas conseguem ficar milionárias começando do zero, então não é um sonho impossível.

Segundo Robert Kiyosaki, autor do best seller Pai rico, pai pobre, nós podemos dividir a nossa vida em quatro partes a partir do momento em que começamos a trabalhar: dos 25 aos 35, dos 35 aos 45, dos 45 aos 55 e dos 55 aos 65. Normalmente, nós só conseguimos nos aposentar no final desse período, mas essa não é a única opção.

Eduque-se financeiramente e projete essa aposentadoria para até metade desse tempo e dedique-se a atingir esse objetivo, pois assim você ainda terá vida para aproveitar depois de tanto trabalho duro. Afinal, de nada adianta se matar de trabalhar a vida inteira se você não puder usufruir do seu esforço de alguma maneira. É por isso, além de outros motivos que já mencionamos aqui no nosso blog, que a educação financeira é tão importante, pois é por meio dela que você vai conseguir se planejar para aproveitar a vida ao se aposentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *