Porque investir no tesouro direto

Porque investir no tesouro direto
5 (100%) 2 votes

            Quando falamos em investimento a maior parte das pessoas pensa logo na bolsa de valores e investimento em ações. Sem qualquer dúvida, a bolsa de valores é o tipo de investimento mais popular , isso é, se excluirmos aqueles investimentos “de mentirinha” como a caderneta de poupança, que rende tão pouco que não pode realmente ser considerada como uma forma de investimento por quem esta sério em investir.

Investir em ações na bolsa de valores certamente é uma excelente oportunidade para quem tiver a inteligência para fazer isso da maneira correta. Entretanto, eu acredito que é necessário aprender sobre diversas formas de investimento antes de decidir aquele mais adequado ao seu perfil. Além disso, não necessariamente você precisa investir em um único mercado e na realidade é até interessante que você divida o seu capital de investimento entre diversos mercados diferentes, de modo a mitigar ao máximo o seu risco e evitar ficar atrelado a um único tipo de mercado. Eu mesmo invisto na bolsa de valores, Forex, tesouro direto, entre outros. Mas hoje eu vou falar um pouco mais sobre o investimento no tesouro direto.

Como investir no tesouro direto

 

Quais as vantagens de investir no Tesouro direto

 

            Muitas pessoas não entendem muito bem qual a real vantagem de investir no tesouro direto e, para falar a verdade, não entendem nem como funciona exatamente esse tipo de investimento. Felizmente, não é muito difícil entender como você pode começar a investir no tesouro direto e quais são as vantagens de fazer isso.

Diferentemente do mercado de ações, no qual você compra um papel representante de uma parcela de uma determinada empresa, no tesouro direto você irá aplicar o seu dinheiro em títulos de dívida emitidos pelo Governo.

Um título de dívida é um documento no qual alguém se compromete a pagar ao portador do título uma determinada quantia em uma determinada data. Assim, é como se fosse uma espécie de empréstimo de dinheiro que o comprador faz ao emissor do título no momento em que o adquire, e em troca recebe uma determinada quantia extra a título de juros em uma data futura, que já estará pré definida.

Os títulos do tesouro direto são emitidos para financiamento do governo, como uma alternativa ao aumento de impostos. Em geral, se considera que títulos emitidos pelo governo possuam um baixo risco de crédito, que é a medida do risco de o devedor não pagar, e isso ocorre porque diferentemente de um devedor comum, um governo sempre pode aumentar tributos – ou mesmo imprimir dinheiro, o que não é recomendado devido aos desastrosos efeitos inflacionários que daí decorrerão – para conseguir o dinheiro para pagar as suas dívidas.

A grande questão com relação a investir no tesouro direto é que, mesmo para quem não possui um grande conhecimento técnico sobre economia ou a respeito do mercado, pode aproveitar uma boa oportunidade de investimento no tesouro direto. Até mesmo a simples compra de um título do tesouro, para resgate na data avençada, pode gerar retornos de 10-15% ao ano, o que já é superior a muitas outras formas de investimento com risco semelhante disponíveis no mercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *