Quais as melhores criptomoedas para investir?

Com a imensa variedade de criptomoedas no mercado, é bastante confuso, especialmente para iniciantes, conseguir selecionar boas criptos que sejam capazes de trazer retornos consideráveis para seu capital. Por isso, nesse artigo, iremos passar um método de análise bastante eficiente para que você consiga escolher boas criptomoedas para investir.

Antes de mais nada, você precisa conhecer o seu perfil de investidor. Criptomoedas são ativos altamente voláteis, mas, mesmo entre as criptos, existem aquelas mais estabelecidas e um pouco mais seguras e aquelas criptomoedas mais alternativas, que envolvem um risco realmente alto, podendo variar em preço as vezes 70-80% em um curtíssimo espaço de tempo.

Se você não esta disposto a correr um risco mais alto, então, é melhor ficar apenas com bitcoin e ethereum e talvez um pouco de Ada ou Avax, que tendem a ser as melhores criptomoedas para investir a longo prazo. Já se você quer a chance de obter retornos realmente impressionantes de 10x, 20x, 50x ou até mesmo 100x – e esta diposto a correr mais risco para isso – então esse artigo te dará uma base para selecionar Altcoins de modo criterioso.

Quais criptomoedas investir

 

Como comprar criptomoedas com potencial explosivo

 

Com a quantidade colossal de criptomoedas atualmente existente no mercado – estima-se que são mais de 9.000 no total – é realmente impossível analisar cada uma individualmente, por isso, o primeiro passo deve necessariamente ser o de filtrar aquelas criptos que possuem maior potencial. Para isso, iremos utilizar algumas métricas:

 

Capitalização de mercado

Um dos meios mais práticos de filtrar aquelas criptos que, em tese, tem maior probabilidade de apresentar um crescimento realmente impressionante é separá-las por capitalização de mercado, ou seja, o preço da cripto multiplicado pelo número de unidades daquela cripto que estão em circulação. Esse tipo de informação pode ser achada facilmente em sites como o CoinMarket Cap e, em geral, tende a ser bastante confiável.

Essa métrica é importante porque é muito mais fácil que uma criptomoeda com apenas, digamos, 3 milhões de dólares de capitalização de mercado, suba 20x do que uma cripto com dezenas de bilhões de capitalização, como o são quase todas as criptos que estão no top20 do mercado, como Polkadot, Litecoin, Chainlink e muitas outras. Em um caso, precisaríamos de “apenas” 57 milhões de dólares entrando no mercado, em outro, precisaríamos de quase meio trilhão de dólares extras em valor de mercado para obter o mesmo efeito.

Nesse sentido, um primeiro passo interessante é filtrar aquelas criptos que tenham, no máximo, 20 milhões de dólares de capitalização de mercado, ou cerca de 100 milhões de reais.

 

Volume de negociação

Um dos principais riscos de investir em criptomoedas ainda pouco conhecidas é que, em grande parte das vezes, elas não passam de “shitcoins”, literalmente moedas porcaria que só irão fazer você perder o seu dinheiro. Por isso, precisamos de um filtro que irá nos ajudar a limar da lista de moedas com baixa capitalização do parágrafo anterior aquelas que tem maior chance de serem apenas Shitcoins.

Essa informação também é facilmente obtida pelo Coin Market Cap. O ideal é que o volume diário de negociação esteja entre 15 a 50% da capitalização de mercado, significando que o mercado gira por completo entre 2 a 6 dias de negociação, mais ou menos.

Vejamos um exemplo:

Quais criptomoedas comprar

Aqui temos as informações do Token Sushi, da SushiSwap, que já falamos aqui antes. Nesse caso sua capitalização, em reais, é de R$4.3 bilhões e seu volume diário é de 1.1 bilhão, ou seja, cerca de 25% da capitalização total, o que a faria passar no teste.

É claro que utilizamos aqui um exemplo mais fácil para mostrar o que queremos dizer, entretanto, você vai notar que ao selecionar Altcoins de capitalização mais baixa esse critério, por si só, já ira eliminar um monte de moedas e te livrar de grandes furadas.

 

Corretoras na qual a moeda esta listada

Para que haja maiores chances de uma criptomoeda subir rapidamente de preço, é importante que ela seja de fácil acesso a grande maioria do público investidor, que pode comprá-la de modo rápido e prático, intensificando o movimento de subida no preço.

Por isso, é importante analisar quais são as corretoras nas quais aquela cripto que você esta analisando são listadas, o que pode ser consultado por meio da CoinGecko.

O ideal é ver a cripto em questão listada em grandes corretoras como a Binance, Huobi, Coinbase, etc. Criptos que só podem ser encontradas por meio de corretoras descentralizadas como Uniswap, 1Inch ou PancakeSwap, portanto, perdem pontos nesse quesito, apesar de poderem ter outros pontos que justifiquem sua compra.

 

Métricas da blockchain

Esses dados se referem a atividade dentro da própria blockchain da cripto que você esta analisando. Dentre esses, um dos mais importantes é a relação entre o número de endereços ativos em relação ao total de endereços que possuam alguma quantia daquela criptomoeda. Idealmente, essa taxa deve ser alta, significando que uma grande parte dos usuários efetivamente utiliza a rede de fato e, portanto, aquela blockchain efetivamente gera algum valor.

Outra métrica interessante é o tempo médio entre as transações realizadas naquela blockchain.

Para obter essas informações, existem várias ferramentas, mas uma das melhores é a Into the Block.

 

Qualidade do time de desenvolvimento

Uma das métricas mais importantes na análise de qualquer cripto é o quão competente e talentoso é o time por trás do seu desenvolvimento. Analisar o background de cada um dos principais membros do time, suas competências e habilidades é fundamental para ter uma idéia da probabilidade real do projeto deslanchar.

Mas não cometa o erro de olhar apenas para a qualidade dos programadores se você esta interessado em uma cripto que suba rápido de preço. Isso porque muitos projetos excelentes, como a Algorand, p. ex., acabam não tendo um crescimento tão grande a curto prazo exatamente por negligenciar a área de marketing.

É claro que, a longo prazo, um projeto excelente com uma tecnologia realmente útil tenderá a crescer de modo orgânico, mesmo com um marketing fraco, mas se você esta esperando ganhos rápidos comprando criptomoedas, esses certamente não são os projetos ideais para colocar seu dinheiro.

 

White Paper

Esse provavelmente será o ponto mais excruciante para alguns, mas, se você já esta investindo em uma criptomoeda totalmente alternativa e pouco conhecida, com o risco nas alturas, o mínimo que se pode esperar é que você leia a droga do Whitepaper e aprenda como o projeto funciona de fato antes de sair colocando seu dinheiro.

Busque principalmente entender como funciona o mecanismo de consenso daquela blockchain, qual sua utilidade e casos de uso, sua escalabilidade e possível interoperabilidade com outras blockchains, além, é claro, do Roadmap do projeto, onde os desenvolvedores se comprometem com datas para lançamento de novas funcionalidades.  Na consulta do Roadmap, pode ser necessário ir até o site oficial do projeto, já que nem sempre o Whitepaper vai estar atualizado nessa parte, dependendo de quanto tempo o projeto existe.

O que você vai reparar é que essa parte vai novamente excluir uma boa parte da sua lista, já que, impressionantemente, grande parte dos projetos que desenvolvem as moedas mais alternativas sequer tem um Whitepaper e, as vezes, nem mesmo um site explicando como a moeda funciona, o que é um claro sinal vermelho.

 

Comunidade

Por fim, um fator que pode acelerar bastante a adoção de uma criptomoeda e, consequentemente, a sua movimentação de preço, é o número de pessoas que são entusiastas e acreditam no potencial daquela cripto, ajudando, direta ou indiretamente, na sua adoção por um número maior de pessoas.

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *