O que é AVAX?

A Avalanche, ou AVAX, é uma criptomoeda desenvolvida pela Empresa Ava Labs que tem como fim principal o aprimoramento da tecnologia Blockchain, resolvendo seus principais desafios: Primeiro, torná-la altamente escalável mantendo o mesmo nível de segurança. Atualmente, a blockchain da Avax é capaz de processar 4.000 transações por segundo, algo impressionante quando comparamos com a blockchain do Bitcoin, que processa apenas 7 transações por segundo.

Segundo, a AVAX pretende ser uma plataforma aberta que permitirá o desenvolvimento de aplicativos descentralizados, assim como a Ethereum, acelerando assim o desenvolvimento do DeFi, o movimento natural promovido pela blockchain e criptomoedas de descentralização do sistema financeiro global. Diferentemente da Ethereum, entretanto, a AVAX busca fazer isso de modo rápido e barato, algo muito desejado por quem já não aguenta mais as altíssimas gas fees da ethereum.

Com a perspectiva de solucionar esses e muitos outros problemas, não é difícil entender o porque a avalanche é um dos projetos com maior impacto do mundo cripto, mas para entender o real potencial dessa criptomoeda, é preciso saber como ela pretende resolver esses problemas. Então vamos lá.

 

AVAX: O Início

 

O Principal fundador da Ava Labs é o cientista da computação Emin Gün Sirer, um imigrante turco nos EUA que, em 2003, fundou o primeiro sistema de criptomoedas baseado no conceito de proof-of-work, o sistema KARMA. Infelizmente, o projeto nunca decolou, mas rendeu a Emin uma fama permanente dentro do mundo das criptomoedas, além de diversas acusações de que ele seria o verdadeiro Satoshi Nakamoto, todas negadas.

Emin Gun Sirer AVAX
Emin Gun Sirer, o visionário criador da AVAX

Após o fracasso do sistema Karma, uma projeto visionário mas que foi implementado cedo demais, Emin volta a cena Cripto com maior intensidade em 2018, com a fundação da Ava Labs e o lançamento da criptomoeda nativa do sistema, a AVAX.

Além de Emin, a Ava Labs é composta por seus dois sócios e co-fundadores Kevin Sekniqi e Maofan “Ted” Yin, além de um time de especialistas em ciência da computação, economia, finanças e direito.

Tanto Emin quanto seus dois sócios fundadores são também professores de ciência da computação na Cornel University em ithaca, no estado de Nova York nos Estados Unidos.

 

Como funciona a AVAX?

Em última análise, a AVAX pretende se tornar uma espécie de corretora descentralizada global, com qualquer tipo de ativo, desde ações, commodities, títulos, criptomoedas, NFT‘s, etc. sendo negociadas através de seus respectivos tokens por meio de sua cotação em AVAX na plataforma.

Para conseguir alcançar seu projeto ambicioso, a Avax possui uma blockchain baseada em um protocolado de consenso totalmente diferente do comun proof-of work, O Avalanche Consensus. Esse protocolo de consenso visa unir as vantagens do protocolo básico do bitcoin de robustez, descentralização e altíssimo nível de segurança com as vantagens do modo de consenso clássico (PBFT – Pratical Byzantine fault Tolerance) de velocidade, escalabilidade e praticidade.

Obs: Para entender melhor como funciona o PBFT, o protocolo padrão antes do bitcoin, veja: https://captainaltcoin.com/what-is-practical-byzantine-fault-tolerance-pbft/

O Consenso da Avalanche, chamado de snowman, funciona da seguinte forma: Um node da rede, ou validador, fica temporariamente inativo até que seja “chamado” pelo sistema da rede para votar se aceita uma transação ou não. Transações que conflitem diretamente com outras transações passadas já aceitas são automaticamente rejeitadas. Caso a transação não conflite com uma transação anterior e seja aprovada, o validador então começa o processo de colaboração com uma parte do restante dos validadores da rede, que também irão votar se aceitam ou não a transação. O próprio sistema seleciona o grupo de validadores que será questionado acerca daquela transação, sendo a probabilidade de ser selecionado proporcional a quantidade de AVAX que aquele validador tem em sua posse na rede (Proof-of-stake).

O ponto central dessa forma de validação e que dá a ele sua velocidade é que não é necessário que todos os outros validadores da rede concordem com o validador inicial, aceitando a transação, para que esta finalmente seja confirmada e concluída. Na realidade, a transação é confirmada assim que o total de aceites dos outros validadores atinja um número tal que se torne altamente provável que todo o restante da rede fosse concordar com aquela transação caso ela lhe fosse apresentada. O nome desse processo é uma técnica de estatística chamada subamostragem aleatória.

Avalanche Avax
Representação esquemática do consenso na rede Avalanche

Desse modo, a Avalanche faz um trade off altamente eficiente entre a certeza absoluta de se ter todos os validadores da rede aceitando uma transação por um ganho de velocidade e eficiência exponencialmente maior ao aceitar pagar o pequeno preço de uma probabilidade minúscula de erro usando esse processo, pois, conforme mostrado no Whitepaper da Avax, com os parâmetros corretos é extremamente provável que a rede toda seguisse a mesma decisão das subamostras.

 

Blockchain

Outra grande diferença entre a Avax e outras criptomoedas é a sua blockchain ou, melhor dizendo, suas 3 blockchains. Todas essas 3 blockchains são validadas por meio da Mainnet, ou rede principal da Avax, e cada um dos participantes dessas 3 blockchains e de outras subredes criadas dentro da Avax deve possuir pelo menos 2.000 Avax dentro da rede principal, de acordo com o protocolo de Proof-of-stake dessa moeda.

Vamos agora ver como funcionam as 3 blockchains principais da Avax:

X-chain (Exchange Chain) – Essa blockchain é basicamente uma corretora descentralizada voltada para a negoiação de ativos digitais representativos de qualquer classe de ativos existentes, incluindo não só criptomoedas, como também ações, títulos, commodities, e qualquer outro tipo de ativo.

A X-chain faz parte da Avalanche Virtual Machine, ou AVM. Sempre que você transaciona na X-chain ou em qualquer outra blockchain da plataforma, você paga uma taxa denominada em avax.

P-chain (Platforma Chain) – Essa é a blockchain que implementa o consenso avalanche, ou snowman, e monitora e coordena todos os validadores das diferentes subredes da Avalanche. Além disso, essa blockchain permite a criação de novas subredes e blockchains integradas ao ecossistema da Avalanche por seus usuários.

C-chain (Contract Chain) – É nessa blockchain que operam os Smart Contracts  da rede através da API da C-chain. Atualmente, a C-chain roda na Ethereum virtual Machine.

 

Avax: Cotação e onde comprar

Atualmente, A avax esta cotada a cerca de 29 dólares e 30 centavos, tendo subido desde pouco menos de 8 dólares desde o início do ano. A forma mais simples e prática de comprar Avax é através da Binance, mas ela também esta disponível em outras corretoras como a Okex ou a Kucoin.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *