O que é DASH?

A DASH é uma criptomoeda criada a partir de uma bifurcação da rede do bitcoin, possuindo, portanto, muitas semelhanças em seu funcionamento com o BTC, entretanto, o foco em algumas funcionalidades específicas fez essa moeda se tornar bastante popular no cenário de criptomoedas. Vamos ver quais são ela.

Dash criptomoeda

 

Como funciona o DASH?

A DASH foi concebida em 2014 pelos programadores  Ryan Taylor e Evan Duffield como uma moeda que visava ser um meio mais rápido e mais barato de pagamento que o bitcoin e com um foco em privacidade dos usuários.

Para realizar, esse objetivo, a Dash utiliza um sistema de Masternodes que compõem a sua blockchain, e parte das taxas de transação e dash minerado é alocado para os desenvolvedores e contribuidores da rede, mostrando ai já uma grande diferença para o bitcoin, que é mantido por desenvolvedores voluntários.

Com isso, a DASH consegue entregar alguns números bem interessantes. Com um tempo de bloco de, em média, 2.6 minutos – em contraposição aos 10 minutos de bitcoin – e um tamanho de 2 Megabytes por bloco, a DASH consegue atingir uma velocidade de 56 transações por segundo, o que, na prática, equivale a um tempo médio para que você conclua uma transação de 2 a 3 segundos, enquanto o bitcoin leva 10 minutos, em média. As taxas de transação na Dash também não passam de alguns poucos centavos por transação, enquanto no bitcoin podem chegar a 10 ou 20 dólares por transação, dependendo do quanto a rede estiver congestionada naquele momento.

Já no campo da privacidade, a Dash possui o protocolo privateSend, que permite aos usuários realizar transações totalmente privadas. Caso o usuário não veja necessidade de tornar uma determinada transação privada, ele pode usar o InstanteSend e se beneficiar com maiores velocidades de conclusão das transações.

Uma grande vantagem da DASH é que essa criptomoeda possui mais de 2.000 ATM’s, ou caixas eletrônicos, espalhados pelo mundo, o que torna a conversão de Dash para moeda fiat extremamente conveniente e, assim, faz com que a aceitação de dash como pagamento por comerciantes e lojistas ao redor do mundo seja bastante comum, com mais de 5.000 empresas cadastradas como parceiras da Dash.

Com todo esse leque de funcionalidades, a rede Dash como um todo processa atualmente mais de 20.000 transações por dia.

Um fato curioso é que a Dash é a criptomoeda mais utilizada na Venezuela e mais de 2.000 comerciantes do país a aceitam. Isso porquê a inflação gigantesca do país destruiu por completo a moeda local, o bolívar, que não mais quase nenhum pode de compra.

 

Mineração de DASH

 

A blockchain da Dash utiliza um algoritimo de mineração chamado de Hash11, o que torna sua mineração mais acessível mesmo a quem não tem um exército de placas ASIC, como acaba sendo o caso, na prática, para quem deseja minerar Bitcoin de modo rentável. Entretanto, dificilmente você conseguira minerar Dash apenas com um PC simples, apesar de ser mais fácil do que no caso do bitcoin.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *