Invista na bolsa com pouco dinheiro

Invista na bolsa com pouco dinheiro
Rate this post

Sempre pensou em se tornar um investidor, mas nunca achou que tinha dinheiro o suficiente para arriscar? O post de hoje aqui do Mago do Mercado vai desconstruir esse mito de que investidores de sucesso precisam ser ricos e vai te ensinar a investir na bolsa de valores com pouco dinheiro.

Bom, como o seu capital é mais restrito, ter um planejamento pro seu dinheiro será uma parte fundamental para que você consiga começar a investi-lo na bolsa de valores. Determine qual o seu objetivo com esse investimento e pra quando você vai precisar do dinheiro investido. Estabelecer esses pontos serve para que você consiga saber qual o melhor tipo de investimento para você, pois se o seu objetivo for de curto prazo, a bolsa de valores não vai te oferecer a rentabilidade que você imagina, então não vai valer a pena investir nela.

uma imagem sobre investir na bolsa com pouco dinheiro

Conseguiu determinar os seus objetivos e o prazo deles? É hora de descobrir quais são os melhores tipos de investimentos na bolsa de valores para quem não tem tanto dinheiro assim. De maneira geral, existem quatro opções interessantes para esse tipo de investidor: as ETFs, os fundos de investimento em ações, os clubes de investimento ou investimento diretamente nas ações. Falaremos um pouco mais sobre cada um desses investimentos agora.

As ETFs são fundos de índices, que funcionam como uma cesta de ações dentro de uma única ação. Esse tipo de investimento te permite investir um valor inicial de menos de R$100,00, sua oscilação ocorre de acordo com os índices do mercado e possui uma baixa taxa de administração, tornando-se mais acessível. O lado negativo fica por parte dos custos de corretagem e custódia e o fato de que você não consegue escolher quais as ações virão nesse fundo que você adquiriu.

Os fundos de investimento em ações também trazem a opção de investimento com valores mais baixos e tem a vantagem de oferecer pessoas especializadas, os gestores, para tomar conta do seu investimento, sem que você precise ficar acompanhando por conta própria. Além disso, o imposto de renda só é descontado na hora do resgate. As desvantagens ficam por conta da alta taxa de administração e não poder escolher as suas ações, assim como nas ETFs.

Os clubes de investimento são bem semelhantes aos fundos de investimento em ações, pois também tem a vantagem de investir com baixos valores, um investidor fica responsável por cuidar do seu investimento, você não precisa acompanhar tudo sozinho e o imposto de renda só é descontado no momento do resgate. O lado ruim também fica a cargo das taxas administrativas que podem ser bem elevadas e as ações são escolhidas a critério do investidor que toma conta do seu investimento, limitando a sua capacidade de escolha.

Por último, temos o investimento direto em ações. Nessa opção, você trata diretamente com a corretora, sem ninguém mediando essa relação. Os benefícios desse investimento são os ganhos de dividendos e juros sobre o capital diretamente na sua conta e você mesmo pode escolher quais as ações que você quer comprar, além da isenção do imposto de renda para vendas até 20 mil reais no mês. A parte negativa também fica na conta dos custos de corretagem e custódia, e por isso acaba sendo o tipo de investimento em que você vai precisar ter um capital maior que os outros para investir.

Agora que você já sabe quais os melhores investimentos para você que não tem muito dinheiro, é só escolher o que mais te agradar, abrir uma conta numa corretora e começar a comprar e vender ações!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *