O que é Mineração de bitcoin?

Se você só descobriu o mundo do bitcoin recentemente, então é provável que ainda tenha dúvidas a respeito do que é exatamente mineração de bitcoins, como funciona e quem são os chamados mineradores de bitcoin. Se esse é o seu caso, então fique comigo até o final deste artigo que garanto que você terá uma boa base sobre o assunto em pouco tempo. Menos de 15 minutos, para ser mais exato.

O que é Mineração de Bitcoin?

 

Mineração de Bitcoin é o processo pelo qual novas bitcoins são criadas, após a validação correta de um bloco inteiro de transações, com a consequente recompensa aos nodes da rede que validaram essas transações, que recebem uma quantia pré-definida de bitcoins como recompensa. Quem se dedica ao processo de validação das transações dentro da rede blockchain do bitcoin ganha o nome de minerador, em analogia a mineração do ouro, já que, como veremos, assim como no caso do ouro, quanto mais bitcoins são mineradas, mais difícil fica minerar novas bitcoins.

 

Como funciona a mineração de bitcoins?

 

A rede Bitcoin é uma rede peer-to-peer, ou seja, completamente descentralizada, na qual os próprios usuários são, simultaneamente, clientes e servidores que realizam alguma função para manter a rede. Cada computador de um usuário que se conecta a rede, automaticamente se conecta diretamente a todos os outros computadores integrantes da rede

Mineração de bitcoin
Modelo esquemático de uma rede peer-to-peer

Isso significa que não há um único servidor centralizado responsável por concentrar todas as informações relevantes das transações, validá-las e liquidá-las. Assim, esse trabalho deve ser feito pelos próprios usuários da rede, o que confere a vantagem de tornar o bitcoin uma rede completamente anônima para os participantes.

Para validar essas transações cada computador atua como um nó (ou node) na rede, resolvendo uma equação matemática complexa – porém cuja solução é fácil de verificar se esta correta ou não – e passando adiante para que o próximo node da rede também verifique. Caso a solução da equação matemática pelo node anterior esteja incorreta, a verificação anterior é automaticamente invalidada, impedindo verificações fraudulentas de se concretizarem, já que o fraudador gasta poder computacional significativo para resolver uma equação matemática complexa, mas pode ser facilmente invalidado pelo próximo node na linha, essencialmente desperdiçando recursos sem qualquer vantagem em troca.

Desse modo, o processo de validação da transação segue de node a node e, no final, caso a maioria dos nodes pertencentes aquela rede tenha validado a transação, ela é concretizada.

Mas aonde entra o minerador ai?

O minerador é basicamente o usuário que se dispõe a fornecer uma parte do poder computacional da sua máquina para manter a rede de validação do bitcoin ativa e em pleno funcionamento e, em troca disso, recebe uma taxa de transação de cerca de 0.00001 BTC por transação validada. Além disso, a cada 10 minutos no sistema blockchain do Bitcoin é formado um bloco contendo as informações das últimas 500 transações. Quando esse bloco se forma os nodes responsáveis pela validação das transações que compõem o bloco recebem uma recompensa em bitcoins a ser dividida proporcionalmente entre os mineradores de acordo com a capacidade de computação que cada um forneceu a rede para  a conclusão da transação. Inicialmente, em 2009, a recompensa era de 50 bitcoins por bloco e atualmente esta em 6.25 bitcoins por bloco.

Assim, a cada transação validada, o minerador aposta na chance de que aquela seja a transação que irá fechar um novo bloco na rede bitcoin, gerando para ele a recompensa tão esperada em bitcoins.

 

Vale a pena minerar bitcoin?

 

Talvez agora você esteja se perguntando se vale a pena minerar bitcoin. Bem, a resposta é depende. Nos primeiros anos do Bitcoin, a capacidade computacional necessária para minerar de modo eficiente era relativamente pequena, de modo que mesmo um computador individual de capacidade mediana conseguiria minerar um número razoável de bitcoins em relativamente pouco tempo.

Hoje, entretanto, as coisas mudaram um pouco, e a capacidade computacional para que você consiga obter um bom número de bitcoins através da mineração é muito mais alta. Hoje em dia, cada vez mais se multiplicam as mineradoras profissionais de Bitcoin, empresas que montam estruturas gigantescas contendo milhares de servidores para tentar minerar bitcoin do modo mais eficiente possível.

Mineradora Bitcoin
Mineradora Bitcoin na Rússia

Desse modo, a oportunidade para minerar bitcoin para o usuário comum esta bem mais fechada do que há alguns anos atrás, tendo em vista que as recompensas em bitcoins são distribuídas de acordo com a contribuição de poder computacional de cada usuário. Você pode tentar minerar com um computador menos potente, porém é preciso ter consciência q isso não será o suficiente para acumular um número significativo de bitcoins através da mineração.

Eficiência do processo de mineração e o bitcoin Halving

Além do aumento do poder computacional necessário, outro fator que torna o processo de mineração menos eficiente hoje em dia é o chamado Halving, uma diminuição programada do número de bitcoins que podem ser mineradas por bloco de transações.

O Halving é ativado a cada 210 mil blocos minerados e basicamente reduz pela metade o número de bitcoins concedidas como recompensa dali em diante, após 3 halvings, sendo o último em maio de 2020, o número atual de bitcoins por bloco caiu de 50 em 2009 para 6.25.

Conclusão

Então é isso, agora você já sabe o que é mineração de bitcoin e como funciona. Infelizmente, essa se tornou uma oportunidade muito menor do que nos primeiros anos de bitcoin, mas, ainda assim, pode valer a pena para você ganhar pelo menos alguns bitcoins ao longo dos próximos meses ou anos, o que não é nada mal considerando a valorização que o bitcoin já teve e que ainda terá no futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *